CDHU entrega 39 apartamentos na zona leste de SP

Nossa consciência negra! - ZLN
Nossa consciência negra!
25 de novembro de 2019
Centenário da Vila Formosa quando celebrar - ZLN
Centenário da Vila Formosa: quando celebrar?
3 de dezembro de 2019

CDHU entrega 39 apartamentos na zona leste de SP

CDHU entrega 39 apartamentos na zona leste de SP - ZLN

4 residências contam com adaptação para deficientes físicos

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), entregou os últimos 39 apartamentos do Conjunto Habitacional Ermelino Matarazzo I, na zona leste de São Paulo, na última sexta-feira (22). As famílias que receberam as chaves dos imóveis são da Associação de Moradores da Cidade Líder em Ação. O diretor técnico da CDHU, Aguinaldo Quintana, participou do evento.

“Nós trabalhamos para entregar moradia às famílias que mais precisam. O empreendimento Ermelino Matarazzo I atende famílias de baixa renda que sonhavam com a casa própria”, disse Aguinaldo Quintana.

A Companhia investiu R$ 14,1 milhões no condomínio, que conta com 117 unidades habitacionais, das quais 78 já foram entregues no mês de setembro. Os apartamentos têm 44,89 metros quadrados, esquadrias de aço com pintura eletrostática, azulejos na cozinha e no banheiro, piso cerâmico em todos os cômodos, forro de gesso no banheiro. Quatro unidades foram adaptadas para pessoas com deficiência.

“Foram muitas reuniões com os moradores e com a CDHU para chegarmos nesse dia de entrega das chaves. Agradeço à CDHU pela disponibilidade em me receber sempre que necessário. Os apartamentos ficaram lindos! Desejo que cada família contemplada aproveite a nova vida, do sonho da casa própria realizado”, falou a líder da Associação de Moradores da Cidade Líder em Ação, Dilênia Gonçalves.

O conjunto Ermelino Matarazzo I, localizado na Avenida Dr. Assis Ribeiro, nº 7.162, no bairro Ermelino Matarazzo, possui infraestrutura completa: sistemas de drenagem, coleta e tratamento de esgoto, abastecimento e distribuição de água, entre outros. Conta, também, com um Centro de Apoio ao Condomínio, estacionamento, playground e praças de convivência com bancos e mesas.

 

Prazo para quitação do imóvel

Os futuros moradores terão prazo de até 30 anos para quitarem seus imóveis. As prestações são subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar, garantindo que quem ganha até três salários mínimos desembolse apenas 15% dos rendimentos. Mais de 82% das famílias beneficiadas nessa fase do empreendimento estão nessa faixa de renda. O valor da menor prestação é de R$ 149,70.

Até o dia de hoje, o ajudante de produção Edemir Ferreira Costa, de 62 anos, pagava R$ 500 de aluguel em uma casa na região. Agora, na casa própria, irá pagar R$ 250 em suas prestações mensais. “O preço caiu pela metade e eu vou pagar por um imóvel que é meu, que está no meu nome. Hoje eu estou realizando o meu sonho”, disse ele.

 

Trabalho na cidade de São Paulo

Na cidade de São Paulo, já foram entregues 101.877 moradias pelos dois braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação – Agência Casa Paulista e CDHU. Atualmente estão em obras 12.765 moradias, um investimento de R$ 418,5 milhões.

O programa de regularização fundiária Cidade Legal tem 1.260 núcleos inscritos no município, com 304.635 imóveis pleiteando regularização.

 

Trabalho na Região Metropolitana de São Paulo

Já na RMSP, foram 187.276 unidades entregues e estão em obras mais 19.635 moradias. Essas unidades em construção na região representam R$ 595 milhões em investimentos pela CDHU e a Agência Casa Paulista.

O Cidade Legal atende 39 municípios na região. São 3.822 núcleos na região pleiteando regularização, dos quais 422 já foram atendidos. São 785.258 imóveis inscritos no Cidade Legal, dos quais 81.476 já finalizaram esse processo, atendendo mais de 325 mil famílias. Quando todas essas moradias estiverem regulares, mais de 3,1 milhões de pessoas serão beneficiadas com o recebimento dos títulos de propriedade de seus imóveis.

 

Notícia: Da Redação. Foto: Secretaria de Habitação.

Para conferir outras notícias como esta, acesse a home de nosso site.

Comentários